sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CATAPORA

Hoje é o 7º dia da catapora, ainda faltam 3 dias...nossa que demora...
Ontem nos estavamos conversando e o Sandrinho ja estava aprontando, então falamos para ele, é já ta aprontando entaõ ja tá bom né? Então ele respondeu: obaaaaa....já posso brincar com a Duda...
E infelizmente eu tive que responder, filho ainda não.
Ele está bem melhor, mas a médica falou Dr. Mª Amélia, que os dias piores são do 8º à 21º dia, que apos esses dias esta tudo ok, os dias que são transmissíveis é do 1º ao 10º, após esses dias tá liberado....oh glória.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

ENTREVISTA FAMILIAR

AUTORA: MARIA HELENA S. SPROVIERI
O momento em que é realizada a entrevista familiar que deve acontecer na primeira consulta, portanto pode ocorrer em diversos momentos do tratamento, a fase o diagnostico é fundamental pois é a partir daí que será possível saber os sintomas da família, e portando partindo daí traçar um tratamento eficaz.
A teses que dizem que a criança não é o problema, porem o reflexo dele, podendo refletir nela as enfermidades que a família vem enfrentando, e quando a criança se encontra doente, o foco passa a ser ela, e não mais aquele problema, portanto essas descobertas vão aparecendo no decorrer da primeira e segunda entrevista familiar, estas descobertas foram feitas por estudos de ANDOLFI(1982) e MINUCHIN (1981). Desde ai a criança era tratada como paciente, pois havia trabalhos diferenciados de entrevista. A criança reagia a esse trabalho que buscava harmonizar a família, concentrando a atenção a si mesma.
Se observarmos uma família iremos observar que ela tem sua própria organização e cada uma em particular, estão cheias de regras que encontram encobertas, na maioria das vezes por ela mesma, mas são muito forte, famílias estruturadas tem suas regras como diretrizes que servem para favorecem e fortalecer todos envolvidos, e nas famílias que estão com problemas essas regras são utilizadas para impedir sertãs mudanças.
As famílias que tem uma boa estrutura procuram manter uma definição hierárquica clara, pois nem todos no aspecto familiar são iguais. A responsabilidade de cuidar e educar é dos pais, já aos filhos cabe ser dependências da segurança e afetividade aos pais, expressa no processo de educar. (BERENSTEIN, 1981).
Quando encontramos famílias saudáveis essas permitem trocas de papeis, de forma saudável e que favorece a todos, respeitando seus limites, podendo assim ainda favorecer e fortificá-los.
A família saudável aproveita a crise como forma de fortalecimento e não para quebrá-la, a relação deve ser de troca, segundo LEWIS (1979), pois o ponto chave nessa relação saudável é a tolerância e a comunicação.
Outro modelo a ser observado é o de uma família “resiliente”, que volta ao estado inicial depois de sofrer frustrações, como perdas, desemprego e enfrentar esses problemas de forma flexível. Alguns estudos pesquisam formas de após uma crise o casal sair fortalecido ou mesmo com o menos desgaste possível.
Porem há dois grupos de valores e o casal resiliente que equilibram bem todas as circunstancias que encontra no caminho.
Podemos observar que todas as famílias têm suas características particulares. O funcionamento equilibrado é fator que ou colabora com ou é requisito prévio para o funcionamento e para condutas equilibradas (WALEN, 1972).
Todas as características patológicas podem encontrar nas famílias “normais”, o que as diferenciam e a forma e a intensidade que enfrentam os problemas.
Portanto a entrevista familiar é um momento importante para a família se identificar com o terapeuta e abrir o coração. Em segundo um levantamento do problema. (falceto, 1998).
Se acharmos necessário deve ser realizado entrevistas individuais com os familiares. Se achar necessário outros exames, deve encaminhar a outros especialistas.
Segundo Riviéro (1982) o primeiro passo para o tratamento e a avaliação familiar, pois você descobre todos os mecanismos dessa estrutura familiar e assim poderá ajudar.
Deve considerar dois pontos importantes, quem é essa família e o que esta acontecendo com ela neste momento? E qual é a finalidade de todos?
Nathan Ackerman (1975), pioneiro da terapia focaliza o diagnostico, com uma tentativa para estabelecer o grau de êxito ou fracasso nas relações familiares.
Relação satisfatória estável: quando o dialogo é possível, há estabilidade e é flexível.
Relação satisfatória instável: os períodos de instabilidade são maiores a estabilidade é mantida com dificuldades, é como um contrato, com muito diálogo, mas não autoritário, apenas para achar uma solução do problema.
Relação insatisfatória instável: vivem em luta pelo controle do sistema, não há conversa é a família mais doente, onde podemos encontrar casos de psicoses, esquizofrenia, não aceita ajuda e para o tratamento se percebe ameaças de ajuda.
Relação insatisfatória estável: há uma relação fria, sem comunicação e uns distanciamentos afetivos sobrevivem à custa do sofrimento dos outros, não expressão suas emoções e não conseguem mudanças.
De acordo com Ackerman (1975), esta avaliação é feita com anamnese, usando roteiro com dados detalhado familiar.
As famílias procuram tratamento por diversos motivos, porem muitas vezes não está motivada. A terapia que é parte da avaliação deve ser dinâmica. As regras familiares que vem de gerações às vezes é o que impedem o crescimento familiar.
Diversos autores têm estudado as necessidades essências do diagnostico, pois é uma tarefa muito difícil, pois não há um caminho especifico ou perfeito. A terapia se inicia a partir do conhecimento do problema e a presença do terapeuta já é relevante na família, porem é obvio que cada família tem suas características particulares.
A entrevista familiar deve ser realizada em conjunto, e o objetivo deste tratamento é de caráter de intervenção para auxiliar nas mudanças positivas e na mudança de comportamentos destes indivíduos.
Cada terapeuta conduz sua sessão de acordo com que acha melhor, os métodos e técnicas de cada um são peculiar e único. Mas a seqüência da terapia é semelhante, pois há uma seqüência didática para obter um diagnostico preciso.
1º estagio social;
2º estagio de focalização;
3º Estagio final;
4º Formulação do contrato.
Caso ocorra necessidade de alterações essa deve ser feita de acordo com o paciente. As famílias se desequilibram não pela sua organização, mas por problemas graves dos seus membros.
É necessário que ocorra mudanças nas famílias porem o auxilio da terapia irá auxiliar nas descobertas de aspectos fenomelogicos, onde acaba ocasionando o desequilíbrio.
Há casos que é necessária a intervenção de profissionais de outras áreas, pois quando cada um reconhece seu papel dentro da família a dinâmica, autonomia e flexibilidade de cada um é estabelecida.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Catapora

meu filho de 3 anos e 4 meses, esta com catapora, entrei em crise quando percebi, mas infelizmente não o vacinei até porque, quando chegou uma criança na creche em que trabalho e havia tomado vacina, desisti de vacinasr, então fui pesquisar, que quem já teve é possivel ter mais de uma vez, mas não que vai pegar, e quem foi vacinado pega também porém de uma forma mais leve, são tantas histórias e experiências que vou relatar um pouco o que estou passando.
no primeiro dia que foi sexta(02/12), estava agarrando ele como sempre, brincando, e percebi umas bolinhas parecidas com mosquito, observei e estiquei com os dois dedos, e elas não sumiram, quando some é porque é mordida de mosEntão pensei é catapora, quando saimos da faculdade de pegar o papai, fomos comer um lanche, e percebemos que tinha mais no pescoço e uma na orelha, conversei com o Jussier que levaria ele na manha do sabado (03/12).
Então fiz conforme combinado, ele teve febre durante a noite e teve uma noite agitada, quando levei ao médico, ela de olhar ja diagnosticou a catapora.
Me informou que ela daria em todo lugar do corpo, menos no globo ocular, receitou um remédio, que amanha posto o nome e pediu que eu o deixasse em casa sem dar nem receber visitas.
ele hoje no quarto dia, esta rassoavél, quando esta com febre fica arriado, e quando passa fica feliz, como sempre, estou dando banho com um comprimido vermelho que se chama permaganato (acho), ele sente muita coceira, e pede que eu faça carinho pra ele, é muito ruim, amanha posto outras informações e fotos.
até mais.....

A PSICOPATOLOGIA DAS CONDUTAS MOTORAS

Através da própria motricidade podemos observar primeiramente o tônus de fundo, após a melodia cinética e em ultimo o automatismo do gesto.
A aquisição de novas maneiras de aprendizagem motoras é importantíssimo, pois a forma com o ambiente a acolhe e aceita suas modificações irá favorecer seu desenvolvimento, a motricidade pode passar de um gesto de imitação para atividades operatórias.
Antes da utilização das mãos é necessário um trabalho dedicado com a lateralização e explorar todas dificuldades
Para se estudar a lateralidade é importante que seja no nível dos olhos, mão e pés, a lateralidade homogenia é aquela dominante ou seja idêntica nos três níveis, olho, pé e mão dominante.
Já a criança com disgrafia tem a qualidade de sua escrita é deficiente, sem haver um déficit neurológico ou mesmo intelectual que explica sua atividade. O estudo clinico da disgrafia demonstra outros níveis de dificuldades identificadas o seguinte transtorno da organização motora, transtorno espaço temporal, pertubação da linguagem e da leitura e transtorno afetivo.
Dupré porem isola a identidade partucular, a debilidade motora, que se forma a partir de uma inaptidão da motilidade voluntária de sencinesia e de imitação e de tônicas.
Em crianças com emotividades invasivas, perturbações freqüentes, mas discretas com debilidade motoras. O fracasso é total nas operações espaciais e lógico matemático, diante desse quadro é necessário buscar sintomas de uma possível afecção genética, identificada como síndrome de Willians.
A istabilidade é um dos grandes motivos das consultas em psiquiatria de crianças e adolescentes.
Os balanços psicomotores encontra instabilidade motora e postural e a aparência da reação de impotência.
Os tiques são movimentos repetitivos que ocorrem do nada, aparecem por volta de 6-7 anos e vão se instalando, exixtem os tiques transitórios e os crônicos.
Ele pode surgir inicialmente por uma anciedade, pois é possível ser uma descarga da tensão, pode se associado a psicoterapia e uma terapia comportamental sendo imersão ou descondicionamento operante.
A tricolilomania é a necessidade de torcer, puxar ou mesmo arrancar cabelos.
Já a onicofagia trata-se de o sujeito anciosos, ajeis, ativos e autoritários.

resumo feito pela amiga de sala do curso de psicopedagogia Silvana

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

DICAS PARA VOCÊ VIRAR UM GRANDE CONTADOR DE HISTÓRIAS:


1º ESCOLHA A HISTÓRIA:
que você gosta ou gostava de ouvir. É preciso gostar do que se lê, para contagiar o ouvinte.

2º ENCONTRE UM LUGAR INUSITADO:
um sofá, a sombra de uma arvore, um pequeno tapete, os primeiros degraus de uma escada, etc...

3º DÊ VIDA AOS PERSONAGENS:
capriche no ritmo, na entonação e use todo seu corpo para dar vida ao enredo.

4º APOSTE NA MEMÓRIA DAS CRIANÇAS:
experimente, aos poucos, ir dividindo com elas a narrativa e as falas da história.

5º LEMBRE-SE DE QUE:
a expêriencia com a escuta deve começar e terminar com a própria narrativa. Não busque explicações, justificativas, pretextos. A história precisa se bastar: a expêriencia se conclui com o desfecho do enredo.

6º FISGUE PELO OLHAR:
convide a criança para mergulhar na aventura, se surpreender e tentar adivinhar o que está por vir,

7º TENHA EM MENTE QUE A LEITURA SE UM TEXTO NÃO SE ESGOTA EM UMA PRIMEIRA LEITURA.
cada vez que você lê a história, a criança descobre mais detalhes, novas possibilidades, outros entendimentos.


fonte: folheto recebido no primeiro kit de livros que recebi da fundação Itaú.

LER PARA UMA CRIANÇA MUDA A SUA HISTÓRIA.


A fundação Itaú, desde 2010 está com um super projeto e eu estou praticipando, entrando no site você recebe alguns livros infantis para ler para uma criança é maravilhoso, ja recebi minha segunda coleção, e ainda mais, se você entrar em contato com uma agência do banco Itaú, você consegue para seus alunos também eu consegui, uma caixa com 100 coleções, eles amaram, fizemos uma tarde de leitura e a gerente do banco foi até a creche para levar os livros e ja estamos aguardando pra este ano tbém aproveite, entre no site.

http://www.itau.com.br/itaucrianca/

HISTÓRIAS PODEM MUDAR A HISTÓRIA DE UMA CRIANÇA.

FICA A DICA....BJUSSS
ROBERTA SILVA
FUTURA PSICOPEDAGOGA

domingo, 9 de outubro de 2011

Como estimular seu bebê

Os primeiros anos de vida do bebê são extremamente ricos em experiências, que refletirão intensamente no seu desenvolvimento. Isso porque, após o nascimento, o cérebro do bebê já contém 100 bilhões de neurônios, os mesmos encontrados num cérebro adulto. Os neurônios criam trilhões de conexões/ sinapses garantindo uma capacidade de aprendizado rico em experiências e adaptação a novas condições, essa habilidade se chama plasticidade cerebral.
A relação dos pais com o seu filho (a) auxiliam as habilidades naturalmente através do cotidiano por meio de uma conversa, canto/ música, massagem, uma demonstração de carinho e brincadeiras. Além de estimular esse contato reforça o vínculo afetivo, criando um ambiente acolhedor. É importante aproveitar todas situações para criar oportunidades propícias para o estímulo, experiências variadas corporais.
Respeite o ritmo de desenvolvimento do seu filho (a) e favoreça as habilidades do bebê/ criança. Veja como:
• 0 a 2 meses: Nessa fase o bebê não interage com brinquedos, mesmo não segurando por muito tempo um chocalho leve, estimule o reflexo de preensão. Use estímulos sonoros com música e móbiles no berço, carrinho ou tapetes específicos para estimulação com contrastes de cores. Os pais também podem brincar de serra-serra serrador, esticando os cotovelos e dobrando-os para estimular o controle de cabeça;
• 2 a 4 meses: Deixe a criança de bruços, com o auxílio de um lençol dobrado em forma de rolo. Ofereça brinquedos de diferentes cores e texturas para que haja interesse em explorar o objeto, como bonequinhos de plástico, mordedores de tecido, livrinhos de pano e plástico. Incentive a criança a rolar mostrando um objeto, um brinquedo sonoro ou chamando-a;
• 4 a 6 meses: Nessa fase a criança quer explorar melhor o ambiente, aumentando o campo visual, senta-se com apoio nas costas e necessita de brinquedos a sua frente (que imitam sons dos animais, formas geométricas como bolas e cubos) para que alcance o objeto e fortaleça a musculatura das costas e abdômen. Também é interessante brincar de joão bobo na frente do espelho, desequilibrando a criança para que treine reações de equilíbrio, fortaleça musculatura dos braços e favoreça sua imagem corporal;
• 6 a 8 meses: Brinquedos que estimulem a criança a sentar-se sozinha numa superfície plana e com almofadas ao lado caso se desequilibre. Pode-se estimular com brinquedos de empilhar, encaixar, brinquedos bem barulhentos (telefones e pianinhos) e também durante o banho, aproveitando-se para fortalecer a musculatura das costas em diferentes situações do cotidiano. Quando sentada, chame a criança por trás para que gire o tronco, preparando-a para engatinhar;
• 8 a 10 meses: Estimule a engatinhar, colocando um lençol embaixo dela de bruços e puxe-o imitando o engatinhar. Também é indicado estimular o bebê a se levantar, dando apoio com as mãos para fortalecer a musculatura das pernas. Ofereça brinquedos de encaixe e incentive a coordenação motora fina, a segurar na ponta dos dedos;
• 10 a 12 meses: Brinquedos apropriados para empurrar, visando se deslocar desperta interesse nessa faixa etária. Evite o uso de andadores circulares, pois prejudicam a aquisição do andar. Estimule com brinquedos que abrem e fecham, encaixe de objetos dentro de casinhas e brinquedos de empilhar.
ais do que se preocupar em estimular crie um ambiente harmonioso e divirta-se em família!

fonte: http://www.guiainfantil.com.br/artigos/como-estimular-seu-bebe

Brinquedo, brincadeira e jogo

ACHEI ESSE TEXTO NA NET E GOSTEI MUITO POR ISSO PUBLIQUEI,SEGUE OS CREDITOS...



Em todos os tempos, para todos os povos, os brinquedos evocam as mais sublimes lembranças. São objetos mágicos, que vão passando de geração a geração, com um incrível poder de encantar crianças e adultos. (VELASCO, 1996)
Diferindo do jogo, o brinquedo supõe uma relação intima com a criança e uma indeterminação quanto ao uso, ou seja, a ausência de um sistema de regras que organizam sua utilização. (KISHIMOTO, 1994)
O brinquedo contém sempre uma referência ao tempo de infância do adulto com representações vinculadas pela memória e imaginações. O vocábulo “brinquedo” não pode ser reduzido à pluralidade de sentidos do jogo, pois conota a criança e tem uma dimensão material, cultural e técnica. Enquanto objeto, é sempre suporte de brincadeira.
O brinquedo é a oportunidade de desenvolvimento. Brincando, a criança experimenta, descobre, inventa, aprende e confere habilidades. Além de estimular a curiosidade, a autoconfiança e a autonomia, proporcionam o desenvolvimento da linguagem, do pensamento e da concentração e da atenção.
O brinquedo traduz o real para a realidade infantil. Suaviza o impacto provocado pelo tamanho e pela força dos adultos, diminuindo o sentimento de impotência da criança. Brincando, sua inteligência e sua sensibilidade estão sendo desenvolvidas. A qualidade de oportunidade que estão sendo oferecidas à criança através de brincadeiras e de brinquedos garante que suas potencialidades e sua afetividade se harmonizem.
Para Vygotsky (1994) citado por OLIVEIRA, DIAS, ROAZZI (2003), o prazer não pode ser considerado a característica definidora do brinquedo, como muitos pensam. O brinquedo na verdade, preenche necessidades, entendendo-se estas necessidades como motivos que impelem a criança à ação. São exatamente estas necessidades que fazem a criança avançar em seu desenvolvimento.
A brincadeira é alguma forma de divertimento típico da infância, isto é, uma atividade natural da criança, que não implica em compromissos, planejamento e seriedade e que envolve comportamentos espontâneos e geradores de prazer. Brincando a criança se diverte, faz exercícios, constrói seu conhecimento e aprende a conviver com seus amiguinhos.
A brincadeira transmitida à criança através de seus próprios familiares, de forma expressiva, de uma geração a outra, ou pode ser aprendida pela criança de forma espontânea (MALUF,2003).
É a ação que a criança desempenha ao concretizar as regras de jogo, ao mergulhar na ação lúdica. Pode-se dizer que é o lúdico em ação. Dessa forma brinquedo e brincadeira relacionam-se diretamente com a criança e não se confundem com o jogo (KISHMOTO, 1994).
Para a criança, a brincadeira gira em torno da espontaneidade e da imaginação. Não depende de regras, de formas rigidamente estruturadas. Para surgir basta uma bola, um espaço para correr ou um risco no chão (VELASCO, 1996).
Segundo VYGOTSKY, a brincadeira possui três características: a imaginação, a imitação e a regra. Elas estão presentes em todos os tipos de brincadeiras infantis, tanto nas tradicionais, naquelas de faz-de-conta, como ainda nas que exigem regras (BERTOLDO, RUSCHEL).
A brincadeira não é um mero passatempo, ela ajuda no desenvolvimento das crianças, promovendo processos de socialização e descoberta do mundo (MALUF, 2003).
O jogo pode ser visto como: resultado de um sistema lingüístico que funciona dentro de um contexto social; um sistema de regras e um objeto.
No primeiro caso, o sentido do jogo depende da linguagem de cada contexto social. Enquanto fato social, o jogo assume a imagem, o sentido que cada sociedade lhe atribui. É este aspecto que nos mostra porque, dependendo do lugar e da época, os jogos assumem significações distintas.
No segundo caso, um sistema de regras permite identificar, em qualquer jogo, uma estrutura seqüencial que especifica sua modalidade. Tais estruturas seqüenciais de regras permitem diferenciar cada jogo, ou seja, quando alguém joga, esta executando as regras do jogo e, ao mesmo tempo, desenvolvendo uma atividade lúdica. O terceiro sentido refere-se ao jogo enquanto objeto.
Os três aspectos citados permitem uma primeira compreensão do jogo, diferenciando significados atribuídos por culturas diferentes, pelas regras e objetos que o caracterizam.
Através do jogo a criança: libera e canaliza suas energias; tem o poder de transformar uma realidade difícil; propicia condições de liberação da fantasia; é uma grande fonte de prazer. O jogo é, por excelência, integrador, há sempre um caráter de novidade, o que é fundamental para despertar o interesse da criança, e à medida em que joga ela vai conhecendo melhor, construindo interiormente o seu mundo. Esta atividade é um dos meios propícios à construção do conhecimento.


creditos:Juliana Tavares Maurício - Psicóloga pelo Centro Universitário de João Pessoa – UNIPÊ.

terça-feira, 1 de março de 2011

aula de culinaria do infantil 2

foi uma delicia, vou postar de todas as salas, uma por vez, fizeram tora de chocolate, tava uma delícia...

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011




Mãe
Sérgio SAAS
Composição: Sergio SAAS

Mãe, tanta coisa aconteceu
Mãe, tanto tempo se passou e eu
Não sou mais um menino, eu cresci.
Mãe, as lembranças me acompanham
Eu tentei, resistir e esquecer,
Mas pensei, o que seria de mim
Sem ti.
Sem teu cuidar, sem teu carinho,
Sem tua atenção estou sozinho,
Mamãe, não posso viver sem você.

Mãe quero te encontrar e te abraçar
Mãe tenho tanta coisa pra falar
Não quero mais de ti me separar
Mãe, eu te amo!
Mãe, um espelho me revela
Que o tempo da aquarela já passou
E eu não posso voltar atrás.
Perdão, por está sempre ocupado
e não ter visto o tempo passar.
A saudade faz um homem chorar.
Pois sinto falta da tua voz
De te ouvir numa canção
do teu olhar, do teu sorrir
Ensinou-me a primeira oração

Mãe, quero ter você sempre por perto
Mãe, sempre aguardou o meu regresso
Não quero mais de ti me separar
Mãe, eu te amo!
Sempre me amou, me educou
Por mim orou, me ensinou
Sempre me amou, me educou
Me ensinou, por mim orou
Mamãe te amo
SAUDADESSSSSSSSSSSSSSSSS DE GRITAAAAAAAAAAAAAAAAA...

DESCULPEM O DESABAFO...



DIA 28 DE FEVEREIRO, MINHA MÃE COMPLETARIA 47 ANOS... DEUS A LEVOU AOS 41 SABE PORQUE... PORQUE ELA ERA DEMAIS...E O AMOR DE DEUS POR ELA E TÃO GRANDE QUE ELE A QUERIA PERTO DELE... E QUEM SOU EU PARA NEGAR NÉ... AFINAL ELE ME DEU ELA E ELE A LEVOU..SENTIREI SAUDADES PARA SEMPRE....
NESTES DIAS QUE ANTECEDEM SEU ANIVERSÁRIO.. FAREI VARIAS HOMENAGENS À ELA, POIS SE SOU O QUE SOU É SOMENTE POR CAUSA DELA..ELA É MINHA INSPIRAÇÃO PARA CONQUISTAR AS COISAS QUE BUSCO...CLARO, QUE MINHA FAMÍLIA...MEU ESPOSO, MEU FILHO HOJE SÃO MEU TUDO....DEUS ME DEU O SANDRINHO COMO PRESENTE PARA PODER ME DESTRAIR DA SAUDADE DA SANDRINHA...

BJUSSS MAMÃE, TE AMAREI PARA SEMPRE, VOCÊ FAZ FALTA EM TODOS OS MOMENTO DA MINHA VIDA....
mais calendarios...




mais calendarios...

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Idéia de mural de aniversáriantes do mês




depois coloco outros lindos que minhas lindas meninas fizeram....

idéia maravilhosa

Uma forma diferenciada de ensinar as cores, é lindo né...





sábado, 5 de fevereiro de 2011

DEUS É FIDEDIGNO....


Meninas, hoje vim compartilhar algo tremendo que Deus fez em minha vida.

terminei minha faculdade em julho de 2007, e desde então sonho em fazer uma especialização, mas ainda não havia tido nem tempo, nem didin...mas para honra e gloria do Senhor, ontem, 04/02/2011, fiz minha matricula em Psicopedagogia, e vou iniciar as aulas em março.
Estou muito anciosa por essa nova fase em minha vida...
Não sou digna de tantas benção que o Senhor tem me dado, mas em todas quero compartilha-las, com pessoas especiais, como vcs, que me visitam e me seguem...

continuem firmes, e crendo pois aquele que começou a boa obra é fiel para completalá...
EU AMO JESUS DEMAIS

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

calendário 2011

Como prometi, o calendário de fevereiro, já já vou colocar o de março...

espero que gostem....
estou muitoooooooooo feliz ja tenho 9 seguidores...

domingo, 30 de janeiro de 2011



Amanhã dia 31, estarei postando os calendários de fevereiro e março, espero que seja util para algum visitante se copiar e utilizar deixe um comentario e sua opinião.... bjinhossss

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Alfabeto ilustrado....


uito legal, com este material podemos trabalhar diversos eixos, e realizar diversas atividades, uma delas seria tirar duas copias de cada letra e fazer um jogo da memória, quebra cabeça de 2 peças, sequência, domíno, etc...
Aproveite e use sua imaginação....











terça-feira, 25 de janeiro de 2011

PROJETO CULINÁRIA




PROJETO
CULINÁRIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

2011


MESTRES CUCA MIRIN....

É DE CRIANÇA QUE SE APRENDE.....

Roberta Silva
Orientadora Pedagógica
Sumário


Introdução 03
Objetivos 04
Metodologia 05
Receitas 06
Fevereiro: Torta com bolachas 06
Março: MINI PIZZA DE PÃO DE FORMA 07

Abril: Ovinhos de páscoa 08
Maio: SEQUILHOS 09
Junho: COCADA DE COLHER 10
Julho: CROCANTE DE COCO E CHOCOLATE 11
Agosto: BISNAGUINHA RECHEADA 12
Setembro: BOLINHO DE QUEIJO 13
Outubro: MILK SHAKE DE OVOMALTINE 14
Novembro: PÃO DE QUEIJO 15
Anexos
Introdução

O projeto de culinária que estaremos desenvolvendo neste ano, propõe ampliar o trabalho já realizado pela creche em relação à nutrição dos alunos, será realizado 1 vez por mês, na segunda semana de cada mês, iniciando em fevereiro e terminando em novembro.
Estaremos abordando o cuidado necessário com os alimentos, saber de onde eles vêm e a paciência necessária no preparo de uma refeição, e também aprender a compartilhar com o amigo o que foi feito.

Objetivos

Aula de culinária possibilita:
- Trabalhar de formas multidisciplinares diversos conteúdos escolares
- Elevar a auto-estima do aluno (sentir-se útil ao preparar uma receita)
- Trabalhar em equipe (aprender e respeitar as regras de convívio)
- Aprender bons modos à mesa (mas nada substitui a família)
- Transmitir a aprendizagem de sala de aula para os familiares
- Aprender a experimentar

Hábitos de Higiene
- Ensinar e seguir algumas normas de segurança e higiene na preparação dos alimentos:
- Lavar sempre as mãos com água e sabão
- Se tiver cabelos compridos, prenda-os (touca)
- Utilizar avental

Coordenação Motora
- Proporcionar atividades como misturar, bater, picar, enrolar, abrir embalagens, etc. desenvolvem a coordenação motora.

Outros pontos a serem trabalhados
- Alimentação saudável
- Poder nutritivo dos alimentos (vitaminas, carboidratos, gorduras, etc.)
- Saúde (obesidade, anemia, anorexia)

Metodologia
No dia da aula de culinária às educadoras, iniciaram o dia verificando quem trouxe os alimentos e quais vieram, irá iniciar uma aula em sala, mostrando cada ingrediente, de onde ele vem, e as diferentes formas de serem utilizados.
Logo após irá conversar sobre a importância da higiene alimentar tanto lavar alimentos e objetos a serem utilizados no preparo, como a higiene pessoas, mãos lavadas com água e sabão, touca ou cabelos bem presos para meninas e meninos com cabelos curtos.
E então irá para o refeitório iniciar o preparo do alimento.
Após o preparo as crianças irão comer o alimento após o sono, que é a hora do lanche da tarde, isso já terá sido avisado antes deles irem para o refeitório preparar a receita.
A receita pode ser fixada em um local da sala e antes da aula a professora pode de forma agradável informar o nome da receita e os itens que irão ser usados, ela pode estar fixada e escrita em papel pardo, em letra bastão de forma que as crianças já tenham contato com a escrita.

Receita de fevereiro
Data: ____/_____/______
1) Torta com bolachas

INGREDIENTES:
1 pacote de bolacha de maisena
margarina ou amendocrem (quantidade suficiente até dar ponto)

RECHEIO:
Brigadeiro (pronto: feito anteriormente pela professora)
Granulado para decorar

Preparo:
Torta com massa feita de bolacha maizena batida no
processador ou socada, passe na peneira, para que fique bem fininha a farinha conseguida com a bolacha de maizena (pode se com bolacha Maria).
Acrescente margarina ou amendocrem a massa.
Basta misturar bem, e terá uma
bela massa, que pode ser colocada em forma de aro removível, ou então em
forma de empada (com uma forminha de papel, dentro da forma de empada).
O recheio pode ser feito com salada de frutas, ou doce de leite, ou ainda brigadeiro (que pode ser comprado já pronto).
Não vai ao fogo, fica muito gostoso.


Receita de março
Data: ____/_____/______


3)MINI PIZZA DE PÃO DE FORMA

Ingredientes:
Pão de forma
Mussarela
Presunto
Tomate
Orégano
Ketchup, mostarda e maionese, se você gostar.

Modo de fazer:
Tire as bordas do pão de forma.
Passe a mussarela e o presunto no ralador.
Corte o tomate em rodelas finas.

Passe ketchup nos pães, coloque a mussarela, o presunto, e salpique um pouco de orégano. Com a ajuda de um adulto coloque no forno até derreter o queijo. Agora coloque as fatias de tomate. Tempere com os molhos que você gostar e bom apetite!



Receita de abril
Data: ____/_____/______
2) OVINHOS DE PÁSCOA


INGREDIENTES:
1 kg de açúcar
500 g de chocolate em pó
1 garrafa pequena de leite de coco
1 lata de leite em pó
MODO DE FAZER:
Misturar todos os ingredientes, amassando até obter o ponto de massinha de modelar, desgrudando das mãos. Enrolar os ovinhos e embrulhar no papel alumínio.
Colocar nos saquinhos ou papel celofane e colar os desenhos de coelhinhos feitos na aula de artes nas embalagens


Receita de maio
Data: ____/_____/______

4) SEQUILHOS
Ingredientes:
1 ovo
1 xícara de chá de Amido de Milho
1 xícara de chá de açúcar
2 colheres de sopa de margarina

Modo de preparo:
Em um recipiente, amasse todos os ingredientes até que se forme uma massa
Corte a massa em pedacinhos ou corte com forminhas ou faça bolinhas
nte e polvilhe uma forma ou assadeira
Despeje a massa na forma e leve ao forno* por aproximadamente 30 minutos
Veja mais receitas deliciosas.

Receita de junho
Data: ____/_____/______

5) COCADA DE COLHER

DESCRIÇÃO
Um doce gostoso e super fácil de fazer, mesmo pra quem não leva jeito!
INGREDIENTES
• 1 lata de leite condensado
• 1 lata de leite
• 1 unidade de côco (fresco e ralado)
• 1 colher de margarina

Preparo:
1. Misture todos os ingredientes em uma panela.
2. Em fogo baixo, misture por 15 minutos, sem parar.
3. Deixe esfriar e leve à geladeira. Quando gelado, tá pronto pra comer!


Receita de julho
Data: ____/_____/______

6) CROCANTE DE COCO E CHOCOLATE
Ingredientes:
1 xic de leite de coco
1 xic de leite condensado
100g de coco ralado
1 xic de bolacha maisena

Ganash
½ xic de creme de leite
1 xic de chocolate
Modo de preparo:
Numa panela, misturar o leite de coco, o coco ralado e o leite condensado.
Levar ao fogo até engrossar levemente. Deixar esfriar e reserva.
Quebrar a bolacha. Reservar.

Ganash:
Colocar o chocolate em banho Maria e assim que estiver derretido, acrescentar o creme de leite e reservar.
Montar alternadamente a bolacha e o creme de coco. Cobrir com a ganash.


Receita de agosto
Data: ____/_____/______

7) BISNAGUINHA RECHEADA

Ingredientes:
1 pacote de bisnaguinha
100g de queijo mussarela
1 copo de requeijão
100g de presunto

Modo de Preparo:
Pique a mussarela e o presunto, adicione o requeijão como se fosse um patê, passe no pão, e leve ao forno para derreter o queijo. Bom apetite....


Receita de setembro
Data: ____/_____/______

8) BOLINHO DE QUEIJO

Ingredientes
• Ingredientes
1 xícara de leite
1 xícara de farinha de trigo
1 colher[sopa]de margarina
1 gema
1 pitada de sal
Queijo branco ou mussarela

Modo de preparo
Coloque o leite em uma panela, junte a farinha de trigo, a margarina, a gema e o sal, leve ao fogo e mexa bem com um garfo, até soltar a massa da panela
Deixe esfriar, faça bolinhas recheie com um pedacinho de queijo
Passe em clara de ovo só misturada e na farinha de rosca, frite em óleo bem quente


Receita de outubro
Data: ____/_____/______

9) MILK SHAKE DE OVOMALTINE


Ingredientes

3 bolas de sorvete de creme
2 xícaras de leite gelado
3 colheres de sopa de ovomaltine
1 colher de sopa de açúcar

Modo de Preparo
Coloque todos os ingredientes no liquidificador, mas reserve 1 colher de ovomaltine
Após ter batido tudo, coloque em uma taça e acrescente a colher que você reservou e mexa levemente
Agora pode servir
Obs: Se bater todo o ovomaltine no liquidificador não fica crocante


Receita de novembro
Data: ____/_____/______

10) PÃO DE QUEIJO
INGREDIENTES:
01 prato de água;
01 prato (para cima do meio de óleo);
01 prato de leite;
01 kg de polvilho doce;
01 prato de queijo ralado;
04 ovos;
sal a gosto.
Preparo:
Coloque para ferver o leite, a água e o óleo.
Escalde o polvilho jogando a mistura de água, leite e óleo ferventes, coloque o queijo, o sal e vá colocando os ovos sempre mexendo com o auxílio de uma colher.
Mexa bem até esfriar, faça bolinhas, se necessário com o auxílio de uma colher.
Coloque em assadeiras e leve ao forno em temperatura média até que os pães de queijo dourem.
Rende aproximadamente 60 pães de queijo em tamanho médio.
Receita enviada por Eliane Campos Marques


Outras sugestões
Biscoitos nutritivos
Eles contêm carboidrato e são pura energia!
Produtora culinária: Silvia Marques

Os biscoitos são uma ótima pedida para compor o lanche da tarde da criançada.
Eles oferecem boas doses de carboidrato, nutriente sinônimo de energia e que é fundamental para o funcionamento do cérebro.
E, para que a mini-refeição fique ainda mais rica, vale optar por acompanhamentos que forneçam proteína, caso do leite e do queijo.

Biscoito de coco e soja

Ingredientes

1 xícara de manteiga
2 ovos
1 1/2 xícara de açúcar
1 xícara de farinha de soja
1 xícara de coco ralado
1 xícara de farinha de trigo
3 xícaras de polvilho doce

Modo de preparo
Bata na batedeira a manteiga, os ovos e o açúcar até formar um creme. Misture a farinha de soja e o coco ao creme, adicione a farinha de trigo e o polvilho até formar uma massa homogênea.

Com as mãos, forme bolinhas e, sobre elas, aperte ligeiramente com um garfo, fazendo um desenho, ou abra a massa sobre um saco plástico e corte com cortadores no formato desejado.
Leve para assar em forno baixo por mais ou menos 20 minutos



Dicas para a merenda
A hora do lanche é essencial para repor as energias
Produtora culinária: Silvia Marques

A turminha que já está na escola precisa de muita energia para dar conta de todas as atividades sem perder o fôlego. Por isso mesmo, é necessário que os pais caprichem na hora de montar a lancheira.
O ideal é ter uma fonte de carboidrato (pães, biscoitos, bolos), uma de proteína e de cálcio (lácteos, queijos, achocolatados) e um alimento que ofereça vitaminas e sais minerais (frutas, sucos).

- É importante que as frutas sejam bem lavadas e os alimentos não fiquem expostos a temperaturas elevadas para evitar que estraguem.

- A lancheira deve ficar bem acondicionada na mochila.

Sanduíche de pasta de queijo com cenoura, azeitona e passas
Ingredientes
1 colher de sopa de requeijão
1 fatia grande de ricota
1 cenoura ralada
Uvas passas e lascas de azeitonas a gosto
2 fatias de pão de fôrma

Modo de preparo
Misture o requeijão com a ricota e acrescente a cenoura ralada, as passas e as azeitonas. Use salsa e cebolinha se quiser.


Doce saudável
Até a sobremesa pode ser vitaminada
Que tal fechar as refeições das crianças com opções ricas em nutrientes? A torta de manga e chocolate, criada pelas culinaristas da Marilan, oferece betacaroteno, um pigmento que se transforma em vitamina A no nosso organismo. Essa vitamina é importantíssima durante a fase de crescimento porque atua no sistema imune, fortalece o esqueleto e protege os olhos.

Veja a seguir como
preparar a gostosura:

Torta de manga e chocolate

Rende de 12 a 15 porções

Ingredientes

Massa
1 embalagem de biscoito maisena Marilan (400 g)
3/4 xícara de chá de manteiga ou margarina (200 g), em temperatura ambiente
Recheio
250 g de ricota fresca, passada pela peneira.
1 1/2 xícara de chá de creme de leite (300 ml)
2 xícaras de chá de açúcar (340 g)
4 xícaras de chá de polpa de manga (cerca de 3 mangas, picadas, processadas e passadas pela peneira)
Raspas da casca de 1 limão
2 envelopes de gelatina incolor sem sabor (12 g), dissolvidos conforme as instruções da embalagem
100 g de chocolate meio amargo, picado.
Modo de Preparo
Prepare a massa levando ao processador o biscoito e bata até obter uma farofa. Despeje numa tigela funda, junte a manteiga ou a margarina e amasse bem com os dedos para ligar tudo. Forre somente o fundo de uma fôrma desmontável (27 cm de diâmetro) e asse em forno médio (180 ºC) por cerca de 15 minutos ou até que as beiradas comecem a tomar cor. Retire do forno e reserve.
Enquanto isso, prepare o recheio de manga. Numa tigela funda, misture bem a ricota, o creme de leite e o açúcar. Acrescente aos poucos a polpa de manga e as raspas de limão, mexendo delicadamente. Junte a gelatina dissolvida, mexa novamente e despeje o recheio sobre a massa. Por fim, espalhe o chocolate picado sobre a superfície e leve a torta à geladeira por cerca de 3 horas ou até endurecer. Retire da geladeira e sirva.
http://bebe.abril.com.br/canais/abitrigo/index.php

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011


Você pode tudo...

Você precisa ter sonhos, para que possa se levantar, todas as vezes que cair.
Acreditar que a toda hora acontecerá coisas boas e mudar o rumo da sua vida.
Você precisa ter sonhos grandes e pequenos.
Os pequenos são as felicidades mais rápidas.
Os grandes lhe darão força para suportar o fracasso dos sonhos pequenos.
Você tem que regar os teus sonhos todos os dias, assim como se rega uma planta para que cresça...
Você precisa dizer sempre à você mesmo:
Vou conseguir!
Vou superar!
Vou chegar no meu sonho!
Fazendo isso, você estará cultivando sua luz, a luz de sempre ter esperanças,
Que nunca poderá se apagar, pois ela é a imagem que você pode passar para as
Outras pessoas, e através dessa luz que todos vão lhe admirar,
Acreditar em você e te seguir.
Mire na lua, pois se você não puder atingi-la, com certeza irá conhecer grandes estrelas...
Ou quem sabe, pode ser uma delas!
Tenha um ótimo dia !

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Capas dos meus semanários, ou diários...

O Rosa é do Infantil II


O primeiro semanário do ano, sou eu que faço, este ano caprichamos, entreguei junto com os cadernos linddos, uma bolsinha de caneta com 4 canetas, lapis apontador e borracha, além de uma régua e um conjunto de canetinhas, tudo para motiva-las ao trabalho do novo ano que se inicia, em breve postarei as novidades de cada sala e a decoração, ainda estamos terminando....

O lilás do Infantil I


" Este azul claro é do berçário"


Este azul royal é do Infantil IV


"Esta é a capa de dentro do caderno"


"este azul escuro é do Infantilo III"


amei.... se quizer os moldes deixa comentario que envio, beijussss...